Aprenda a usar o R

Aprenda a usar o R

Conteúdo


Introdução

Hoje o R é uma das linguagens estatísticas mais utilizadas no mundo, sendo quase mandatório no mundo acadêmico e tomando cada vez mais força no mercado. As técnicas estatísticas de ponta tendem a aparecer primeiro nele para depois mais tarde começarem a surgir em outros pacotes. Outra vantagem é a flexibilidade imensa que ele lhe proporciona, por ser uma linguagem de programação completa, com orientação a objetos e suporte a interação com outras linguagens de alto e médio nível.

Nessa página disponibilizo alguns ponteiros para quem quer começar a mexer com ele ou aperfeiçoar seus conhecimentos em tópicos específicos.


Primeiros passos


Onde baixar

Você pode baixar o R no site oficial R-project, clicando em CRAN. Um link direto para a versão mais recente para Windows é: rw2XXX.exe.


Material introdutório

Baixado e instalado (estou supondo que se você não usa Windows você deve saber como fazer essa parte para a sua plataforma) agora é só começar a seguir algum tutorial introdutório para começar a se familiarizar com o programa. Recomendo fortemente o tutorial do Prof. Justiniano Ribeiro, da UFPR:

Outro manual introdutório disponível em português é o “Introdução ao R”, versão traduzida do original “An Introduction to R”:


Usando a ajuda e documentação de apoio


A ajuda do sistema

Assim que você começar a mexer com a linguagem você vai logo sentir a necessidade de saber mais sobre alguns detalhes específicos, como o funcionamento de uma determinada função ou o que função usar para obter tal estatística. É extremamente importante se acostumar a usar o próprio sistema de ajuda do R. Para isso, digite em uma sessão do R:

1
help.start()

Isso irá abrir uma janela do seu navegador com o sistema de ajuda, através do qual você tem acesso a vários documentos de referência extremamente úteis (como o manual de importação e exportação de dados) e ao sistema de busca de ajuda.

Outra forma de obter ajuda é através do operador ?. Para usá-lo basta colocar o nome de uma função sobre a qual você queira saber mais logo após ele:

1
?hist

Esse comando irá lhe mostrar a ajuda referente a função hist(), que faz gráficos de histograma.


Ajuda on-line

Fora o sistema de ajuda do próprio R, que pode ser acessado sem conexão à Internet, também há no site do projeto um sistema de busca com uma base ainda maior de informações sobre a linguagem. Para isso entre em R-project, clique em Search e então em R site search, ou então clique diretamente nesse link. Nessa página você digita em query os termos que você quer procurar e obtem os resultados de acordo.

Digamos que quiséssemos saber como fazer análise de correlação canônica no R. Entramos em R-project -> Search > R site search, digitamos canonical correlation e obtemos, já na primeira página:

From: Gavin Simpson <gavin.simpson> Date: Thu Apr 10 11:26:09 2003

If the original poster actually meant output from cancor() in library(mva) then I don’t think Jari’s vegan package will necessarily work “out of the box” for objects created using cancor().

onde vemos que basta a usar a função cancor() do pacote mva.


Aprofundando os conhecimentos

Depois que você se já consegue fazer o básico no sistema agora é a hora de partir para referências mais detalhadas e aprender a fazer coisas mais sofisticadas.


Livros

O livro sobre R e modelagem estatística avançada é:

Também conhecido como MASS, não só é um livro excelente sobre as aplicações do R e S-Plus, como também é uma referência muito boa de estatística aplicada. Muitas vezes quando quero estudar alguma técnica nova, ou rever algo que já estudei, procuro o MASS pelas referências dele aos melhores livros da área. O enfoque é bem na modelagem e é recomendado somente se você já tiver uma base muito boa de estatística (fim da graduação, começo do mestrado). Caso contrário você não vai poder aproveitá-lo muito.

Um livro mais enfocado na parte de programação é:

Se você considera estudar a sério a linguagem você deve pelo menos folhear cada um desses dois livros.


Manuais e Tutoriais


Dicas

  • R by example página com exemplos de como fazer diversas tarefas no R, da leitura de dados até análise de séries temporais.
  • S Poetry diversas dicas de S e R, com várias coisas que não tem em nenhum outro lugar.
  • Rpad-refcard : imprima esse cartão de referências de comandos e deixe sempre com você quando for usar o R. Ele tem uma descrição dos principais comandos que você pode precisar utilizar, divididos por tipo de tarefa.


Buscando ajuda

O que fazer se você precisa resolver um problema e nenhuma das dicas acima conseguiu te salvar? Dado que você tenha feito sua lição de casa (lido a documentação pertinente, tentado descobrir como fazer por conta própria), o recomendado ai é procurar uma fonte externa de ajuda.


FAQ

Comece verificando se alguém já não teve o mesmo problema que o seu e ele está na FAQ (lista de perguntas freqüentes). NÃO PULE esse passo. As listas de e-mails são bem movimentadas e se você colocar uma pergunta que já foi respondida dezenas de vezes você provavelmente vai ser ignorado.


Listas de discussão

Se mesmo nos FAQs você não conseguiu achar a solução para o seu problema, procure ajuda em uma lista de discussão sobre o R. A mais movimentada é a r-help:

  • R-help – Lista de discussão internacional. Mensagens em inglês somente.

Há também uma lista em português, situada aqui:

Mesmo que você não tenha dúvidas agora é bom se cadastrar e ler os tópicos das mensagens de vez em quando. As vezes sem querer você acaba já tendo na cabeça a solução para o problema em mãos só de ler os problemas dos outros.


tabs-top

6 Comentários para “Aprenda a usar o R”

  1. Sarah disse:

    Tem como criar executáveis no R???

  2. Paula disse:

    É possível deslocar o eixo y do histograma no R, para que ele corte o eixo x em -1 e não em zero?
    Obrigada desde já

    • Saracura disse:

      é possível sim,com a função:
      axis(1, at = seq(0, 100, by = 10), pos= -1)
      axis(2, at = seq(0, 100, by = 10), pos = 1)
      Isso ai você usa quando a função (axes=F).
      Com a função axes=F, tu disse que os eixos são falsos. Ai com a função axis, tu disse que o seu eixo x ou eixo (1), at =seq (-20,100, by =10) o eixo tem a sequência de -20 a 100 e é marcado de 10 em 10. Ex: -20,-10,0, 10, 20,…,100. E que o eixo x começa no a partir do -1 (pos= -1)

  3. Graziella disse:

    Gostaria usar os estimadores de riqueza no r. Qual pacote eu uso?

Deixar uma resposta